Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | July 14, 2014

Voltar para o topo

Topo

Sem comentários

Truck: Totti vence após deixar Boessio para trás

A Fórmula Truck em Guaporé nos deu seu maior susto no sábado com o grave acidente de Diumar Bueno. O piloto foi transferido para um hospital e passará por cirurgias por conta das fraturas que sofreu no braço e nas pernas.

A prova de hoje foi bem disputada, porém bem mais calma, exceto alguns acidentes. Leandro Totti foi para cima do pole Régis Boessio e depois de uma certa perseguição conseguiu ultrapassá-lo e partir para a vitória.

Confira como foi essa corrida:

Na largada, Régis Boessio manteve a ponta e foi seguido por Felipe Giaffone à frente de Beto Monteiro e Leandro Totti. Nas voltas seguintes, Monteiro foi para cima de Giafonne, mas perdeu a sua posição para Totti e, na sequência, para Cirino.

Totti, com um rendimento muito bom, passou a forçar para chegar à liderança. Giaffone se esforçou para defender sua posição, mas não conseguiu. Na briga entre Boesio e Totti, o segundo acabou induzido ao erro e perdeu também a posição que havia conquistado de Giaffone. Os dois entraram em uma batalha, que durou algumas voltas, porém Totti conseguiu ficar com o segundo lugar.

A bandeira amarela programada foi acionada com Boessio na ponta, seguido de Totti, Giaffone, Cirino, Monteiro e Andrade. Pouco depois da relargada, Totti deixou Boessio para trás e assumiu a liderança da prova.

Pouco tempo depois, o Pace Truck retornou para a pista com o abandono de Débora Rodrigues. Seu caminhão ficou em posição perigosa, além de derramar óleo pela pista. André Marques perdeu o controle do seu caminhão durante uma freada, tocou de leve em Luiz Lopes, rodou e terminou na barreira de pneus. O piloto nada sofreu e a relargada foi dada a quatro voltas do fim da prova. Na liderança Totti disparou na ponta, enquanto os demais brigavam mais atrás.

Logo depois, Beto Monteiro sofreu um acidente depois de estourar o seu pneu dianteiro e foi direto para o muro de proteção. O Pace Truck entrou na pista e ainda deu tempo da prova terminar em bandeira verde, porém quase nenhuma posição se alterou.

Final de prova:
1ú) Leandro Totti (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1h01min24s023
2ú) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, a 1s773
3ú) Felipe Giaffone (SP/MAN-Volkswagen), RM Competições, a 2s199
4ú) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 2s445
5ú) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 2s826
6ú) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 6s161
7ú) Adalberto Jardim (SP/MAN-Volkswagen), AJ5 Competições, a 6s975
8ú) Paulo Salustiano (SP/Volvo), ABF/Volvo, a 8s720
9ú) Renato Martins (SP/MAN-Volkswagen), RM Competições, a 9s098
10ú) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 11s736
11ú) Luiz Lopes (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 13s172
12ú) Luiz Pucci (ARG/Volvo), ABF/Volvo, a 13s820
13ú) Pedro Gomes (SP/Ford), 72 Sports, a 17s278
14ú) João Ometto Neto (SP/Iveco), Marinelli Competições, a 26s814
15ú) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, a 4 voltas
16ú) André Marques (SP/MAN-Volkswagen), RM Competições, a 5 voltas

N????O COMPLETARAM
Débora Rodrigues (SP/MAN-Volkswagen), RM Competições, a 11 voltas
Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, a 18 voltas
Djalma Fogaça (SP/Ford), 72 Sports, a 19 voltas
Danilo Dirani (SP/Ford), 72 Sports, a 19 voltas
João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 22 voltas

Melhor volta: Andrade, na 24ê, 1min27s561, média de 126,631

A próxima prova da categoria acontece no dia 11 de novembro, em Curitiba.

  • Share on Tumblr