Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | July 12, 2014

Voltar para o topo

Topo

F1
2 Comentários

OPINIÃO F1 PADDOCK PRESS: Orgulho Nipônico

Suzuka é um dos 5 circuitos da serie must see da temporada de F1. Seu desenho em forma de lemniscata (símbolo de 8 deitado) é único no mundo. Seu projeto data de 1962 (sim, está fazendo 50 anos!) idealizado pela própria Honda, lembrando a marca Mugen de carros esportivos (Mugen = infinito, como a forma do traçado). Suas sequências de curvas de alta e retas em relevo tornam este um dos favoritos da temporada e normalmente traz boas disputas. Mas como tudo em 2012, tivemos uma corrida atípica.

Diferente das últimas provas, o domínio da Red Bull na qualificação foi destruidor e desta forma vimos uma vitória maiúscula e insuperável de Vettel. Vimos uma Ferrari mostrando o seu calcanhar de aquiles: as classificações. Mas o ritmo de Felipe Massa durante a prova mostrou que os carros rubros vinham fortes para a corrida, o que seria um alento ao líder Alonso, se este não fosse tocado por Kimi Raikkonen e não deixasse a prova logo no começo. Felipe aproveitou a oportunidade e fez uma excelente prova, daquelas que lembram um pouquinho o bom piloto que já foi. A McLaren, com Button em 4ú e Hamilton em 6ú, foi a decepção do final de semana. Vinham fortes em todas as provas desde o final da temporada européia e tiveram uma queda absurda no GP nipônico. Este fator pode ter tirado de vez os carros ingleses da disputa, inclusive do título de construtores. Aproveita a pausa no texto para conhecer o casinos online

 

A punição de Bruno Senna foi leviana, uma daquelas que levaram o livro de regras na mão e não fizeram nenhum tipo de análise sensata. Considerando os acontecimentos da largada, em especial a rodada de Alonso, o ritmo dos carros diferiu totalmente do normal e isso deve ser levado em consideração na decisão dos comissários. O que aconteceu foi uma série de punições â?????a rodoâ???, sendo que a única realmente punível, mesmo que com ressalvas, seria a de Grosjean.

O comportamento dos comissários continua não passando nenhuma segurança. Agem bem em algumas corridas, e terrivelmente na seguinte. Nunca há uma constância, nenhuma atitude concisa, nenhuma decisão baseada em bom senso. Trouxeram ex-pilotos tentando criar algum respeito pelo trabalho dos comissários, mas parece que nunca se resolve. E, de acordo com a declaração do próprio Emerson Fittipaldi, a autonomia dos pilotos convidados é muito baixa, sendo considerados apenas como uma consultoria, dando apenas uma opinião que pode ser ou não seguida.

*KAMUI KAMUI* Terminada a prova um ar de novidade corria pelo paddock. *KAMUI KAMUI* Um ar de orgulho, de algo que não se via há décadas. *KAMUI KAMUI* A reação dos fãs japoneses ao primeiro pódio da carreira de Kamui Kobayashi era de encher os olhos. Era o primeiro pódio de um japonês desde 2004 e o primeiro no Japão desde 1990. Um coro de japoneses orgulhosos bradava o nome de Koba-san pelas transmissões do mundo e que os responsáveis pela televisão brasileira sequer tiveram a sensibilidade de reparar nisso. Uma festa bonita, como um pódio da Fórmula 1 tem que ser.

Com o abandono de Alonso, a enorme diferença caiu para míseros 4 pontos. Ainda não vejo a Red Bull como um carro que possa igualar o talento de Vettel ao do espanhol, mas agora é o único que pode disputar realmente o caneco de 2012, este ano cheio de surpresas. Resta saber se os touros vermelhos irão mostrar força nesta fase final do campeonato, ao ponto de poder bater de frente com a Ferrari, que se mostrou forte nesta corrida.

A próxima prova, já no domingo que vem, é no circuito da Coréia, um dos de Tilke que não deram muito certo. Me arrisco a dizer, ate pela semelhança das pistas, que quem dominar nessa prova, fará o mesmo na Índia.

***

O que vou resenhar aqui é apenas algo a se pensar, a se colocar em perspectiva. Não tomo como uma verdade. Não ainda.

Vimos Felipe Massa fazendo uma prova excelente, com um carro rápido. Com o abandono do Alonso, as atenções ficaram exclusivas para o brasileiro. E é engraçado que ele teve ótimas atuações nas duas corridas que o companheiro líder do campeonato abandonou. Pode ser apenas coincidência, foram poucos parâmetros e continuo acreditando na superioridade do espanhol na temporada, mas vendo esses resultados, não consigo parar de pensar no contrário também, até pelo passado da Ferrari.

Não soa suspeito?

  • Share on Tumblr
  • http://www.facebook.com/andregreents André Green Almeida Santos

    muito bem observado o lance do massa se sair bem na ausência do alonso
    mas pq diabos o massa gostaria de continuar na equipe se isso for real? grana não pagaria a mancha na carreira desses inúmeros fiascos.

  • http://www.facebook.com/ricardo.arcuri Ricardo Arcuri

    Vero, mas…. e se isso vier da equipe? Soa teoria da conspiraçao, mas é sabido que a Ferrari trata Alonso como um filho, mesmo que chegando depois.
    Isso me cheira muito mal….