Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 02/09/2014

Voltar para o topo

Topo

F1
Sem comentários

F1: Vettel vence e assume liderança do campeonato

O GP da Coréia de F1 foi bem morno e com poucas movimentações nos primeiros lugares, a não ser na largada. As posições dos líderes foram praticamente as mesmas até o final da prova com Vettel na frente e Webber acompanhando o companheiro de equipe e, mais deliberadamente, Massa fazendo seu velho papel de escudeiro para Alonso. Porém, não teve jeito para a Ferrari e Vettel agora é o novo líder do campeonato com suas três vitórias consecutivas.

Senna teve um desempenho discreto, ganhou algumas posições no início da corrida, mas no final ficou com o décimo quinto lugar, atrás de Maldonado.

Veja como foi esse GP:

A largada do GP da Coréia foi bem movimentada com dois acidentes logo na primeira curva. Imagino que vocês pensaram em Grosjean, mas dessa vez ele não fez nada. Quem causou foi a dupla da Sauber primeiro com Kobayashi freando bastante e acertando Button e Rosberg, forçando os dois a abandonarem, e depois com Perez acertando Hulkenberg e perdendo um pedaço da sua asa. Os dois pilotos foram aos boxes para efetuar reparos em seus carros e retornaram para a prova.

Depois de um certo tempo surgiu uma punição para Koba com a passagem pelos pits. O japonês cumpriu a penalidade e logo na sequência recolheu para a garagem. Perez não foi penalizado e seguiu na prova.

Além disso, mudanças de posições na largada com Vettel deixando Webber para trás, Alonso ganhando o terceiro lugar de Hamilton e Grosjean tão cauteloso, que perdeu posições. Raikkonen e Massa já entraram em disputa e o brasileiro se deu melhor alcançando o quinto posto.

Vale mencionar o início de Ricciardo, que saiu em 21ú após trocar seu câmbio e logo depois já estava em 15ú. Ele ficou inclusive à frente do seu companheiro de equipe, Vergne, e ambos foram para cima de Maldonado, conseguindo ultrapassar o venezuelano logo depois. A vítima seguinte foi justamente Senna e ambos também o passaram, deixando o brasileiro no 14ú lugar.

Na volta 13 os pilotos começaram a realizar as suas paradas e Perez foi um dos poucos a se manter por mais tempo na pista. Com isso, ele foi ultrapassado por Alonso e Hamilton, que vinham mais rápido. Raikkonen foi o último a ultrapassar o mexicano e então a equipe optou por chamá-lo aos boxes e realizar a troca de pneus.

Logo depois uma briga interessante entre Grosjean e Maldonado, os pilotos que são recordistas de punições na F1. Ambos se comportaram muito bem e, utilizando a asa móvel, o francês conseguiu realizar a ultrapassagem. Saindo de uma disputa e indo para outra, Massa e Hamilton lutavam pelo quarto lugar e o brasileiro conquistou a posição. O inglês ainda teve de suportar o ataque de Raikkonen, mas conseguiu se manter à frente do finlandês. Eis que a McLaren o chama para a segunda parada e há uma perda de tempo com problemas em uma das trocas de pneus.

Grosjean chega em Hulkenberg para tentar o sexto lugar, mas não consegue e logo depois vai para a sua parada. O alemão também realiza a sua troca e quando os dois voltam para a pista Grosjean consegue ganhar o sexto lugar.

Na corrida à parte de Vettel, o replay mostrava a sua pequena escapada da pista e a equipe pediu logo depois que ele fosse aos boxes e tomasse cuidado com os pneus. A imagem seguinte era de Grosjean levantando poeira também errando um pouquinho o traçado coreano.

A Ferrari chamou novamente a atenção com as suas mensagens no rádio. Massa foi avisado por seu engenheiro que ele estava próximo demais de Alonso e deveria tirar um pouco o pé. O piloto obedeceu a ordem e deixou o espanhol com uma distância confortável até o final da prova. Só que Webber fazia praticamente o mesmo com Vettel e a equipe italiana via o campeonato de pilotos indo para as mãos do alemão.

Já na etapa final da prova um duelo entre Hamilton e Vergne durou por várias voltas. O francês conseguiu ultrapassá-lo e na sequência partiu para cima de Ricciardo, também deixando-o para trás e conquistando o oitavo posto. Falando em Hamilton, o piloto passou por cima dos “tapetes de grama” que estavam nas laterais do circuito e um deles ficou grudado em seu carro.

Praticamente a volta final da prova e Vettel cruzou tranquilamente a linha de chegada com direito a bandeirada do músico Psy, o famoso Gangnam Style. E ele tinha muito o que comemorar, afinal, com esse resultado ele passa a ser líder do campeonato deixando Alonso no segundo lugar.

Resultados finais da prova:

  • Share on Tumblr