Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 26/07/2014

Voltar para o topo

Topo

F1
Um comentário

F1: Vettel vence com Massa e Kobayashi no pódio

O GP do Japão de F1 teve entre seus principais momentos grandes disputas, confusões e incidentes ao longo das suas 53 voltas. Apenas na largada foram três acidentes que deixaram ninguém menos que o líder do campeonato Fernando Alonso e Nico Rosberg de fora da prova.

Mais uma vez Romain Grosjean foi autor de uma das batidas deixando Mark Webber rodado na pista e sendo obrigado a fazer uma prova de recuperação. O francês foi mais uma vez punido, assim como Bruno Senna pelo toque com o alemão da Mercedes.

Quem se deu bem com essa história foi Felipe Massa e Jenson Button, que saíram mais atrás e conseguiram uma excelente recuperação. O brasileiro foi constante durante toda a prova e conseguiu ir ao pódio após um grande jejum, que vinha desde a Coréia em 2010.

Sebastian Vettel foi soberano durante toda a corrida e não incomodado em nenhum momento. Lembrou a velha Red Bull dominando praticamente todo o campeonato. Porém, a grande surpresa da prova foi o terceiro lugar de Kamui Kobayashi para delírio da torcida japonesa. O piloto segurou a pressão de Jenson Button no final da prova e conseguiu a vaga no pódio pela primeira vez.

Leia como foi essa corrida:

Largada bem conturbada no GP do Japão. Dois incidentes isolados tiraram figuras importantes da prova e ambos foram causados por pilotos da Lotus. No primeiro, Grosjean deu um toque em Webber, que perdeu o controle do carro e foi para fora da pista. Ambos foram aos boxes na sequência e o francês levou uma punição de 10 segundos parado nos pits. No segundo, Raikkonen tocou Alonso e acabou causando um dano no pneu traseiro do espanhol, que rodou e parou na caixa de brita. Fim de prova para o líder do campeonato.

Nesse momento também aconteceu um terceiro acidente na prova, mas que foi completamente ignorado pela transmissão da categoria. Nico Rosberg e Bruno Senna possivelmente se tocaram e o alemão terminou por abandonar a prova. Depois de um bom tempo de corrida o brasileiro foi considerado culpado pelo incidente e teve de cumprir uma passagem pelos boxes.

O safety car entrou na pista, mas por apenas duas voltas. Depois do relargada foi possível analisar quem se deu bem com as confusões do início e entre eles destaque para Button e Massa, que saíram mais atrás e pularam para terceiro e quarto. Vettel seguiu tranquilamente na liderança com Kobayashi em segundo para a alegria da torcida local.

Um pouco mais atrás Sergio Perez gastava todo o seu pneu em uma ultrapassagem para cima de Hamilton valendo o sexto lugar. Schumacher, que conquistou nove posições após a largada, era informado pela Mercedes que estava sem a telemetria em seu carro.

Vettel ia estabelecendo o ritmo da prova e não era incomodado no primeiro lugar. Kobayashi, Button e Massa vinham na sequência quando as paradas programadas tiveram início com Hulkenberg, Raikkonen e Button indo aos boxes e todos voltando com os pneus duros. Mas quem se deu melhor nesse momento foi Massa com os demais concorrentes pegando tráfego na volta à pista. O brasileiro ganhou duas posições e pulou para o segundo lugar.

Button conversava com a McLaren pelo rádio e reclamava bastante da sua caixa de câmbio, mas logo em seguida conseguiu marcar uma volta rápida. Enquanto isso, seu companheiro de equipe sofria um novo ataque de Perez, cheio de vontade em ultrapassá-lo, mas cometendo um erro e terminando a corrida na caixa de brita.

Schumacher já havia ganhado uma série de posições na prova e se aproximava de Di Resta para brigar pelo 11ú lugar. E o alemão não se intimidou e partiu para uma bela passada para cima do concorrente ganhando assim a posição.

Início da segunda rodada de pits e muitos pilotos optaram por continuar com os pneus duros. Tivemos um momento de briga um pouco diferente, logo após a saída de Hamilton e Raikkonen dos boxes. Os dois brigavam bastante pela posição com o finlandês tentando uma ultrapassagem por fora. Só que o inglês foi mais certeiro e teve a preferência da curva a seu favor e conseguiu seguir na frente. Por pouco ambos não se tocaram.

No pelotão do fundo, uma grande briga entre Grosjean e Senna, os punidos da prova, valendo o décimo quarto lugar. O brasileiro se deu melhor e conseguiu conquistar a posição. Para o francês, a decepção. Faltando apenas duas voltas para o final da corrida, ele recolheu para os boxes da Lotus e abandonou.

Logo depois, com Vettel e Massa tranquilos na ponta, as atenções se voltaram todas para a disputa entre Button e Kobayashi. O inglês estava pouco mais de 2s atrás do concorrente, mas volta após volta foi tirando a diferença e se aproximando perigosamente.

Porém, as posições não se alteraram e o japonês conseguiu ir ao pódio pela primeira vez na carreira, sendo completamente ovacionado pela torcida local.

Vale destacar o nono lugar de Webber, após o incidente na largada, o décimo de Ricciardo com a Toro Rosso e também o décimo primeiro de Schumacher após sair da 23ú posição.

Confira abaixo o resultado final da prova:

  • Share on Tumblr