Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 23/10/2014

Scroll to top

Top

F1
No Comments

F1: Vettel na frente e dobradinha da Red Bull

A classificação para o GP do Japão de F1 foi bem tranquila. Sem maiores incidentes, Vettel mostrou em todos os momentos que vinha para uma sólida conquista da pole. O que não dava para esperar era que a Red Bull faria a dobradinha com o segundo lugar de Webber. Outra surpresa também foi o quarto lugar de Kobayashi, que se converteu em terceiro pela perda de 5 posições de Button.

Entre os brasileiros, muita reclamação de Senna para Vergne, que estava mais lento na pista quando o piloto da Williams vinha em volta rápida para garantir lugar no Q2. Resultado: sairá em 17o. Massa ficou de fora do Q3 e disse não entender o que aconteceu com os seus pneus, visto que ele guardou um conjunto para usar apenas nessa última tentativa. Sairá em 11o.

Confira tudo que aconteceu no Japão:

A primeira parte da classificação foi bem tranquila tirando alguns pequenos erros já esperados dos pilotos. Freadas um pouco mais fortes e um ataque um tanto quanto exagerado na zebra de Sergio Perez e Fernando Alonso foram os momentos altos dessa etapa.

Schumacher, que anunciou a sua segunda aposentadoria na quinta-feira, ficou boa parte do Q1 em último, inclusive até fora dos 107%. Na sua última tentativa, o alemão conseguiu uma vaga no Q2 garantindo o 16o lugar entre os classificados e tirando Senna da etapa seguinte. Falando no brasileiro, ele ficou muito bravo com a Toro Rosso de Vergne, que bloqueou sua passagem bem quando o piloto vinha em volta rápida. Senna reclamou bastante e na mesma hora acionou a equipe para reclamar da situação. Em entrevista logo após o ocorrido, Bruno disse que a ação de Vergne foi uma piada, pois ele estava praticamente garantido no Q2.

Os eliminados nessa etapa foram: Senna, Kovalainen, Glock, de la Rosa, Pic, Petrov e Karthikeyan.

Na segunda parte da classificação mais uma vez domínio de Vettel, que ficou à frente tranquilamente, seguido de Button, Raikkonen e Alonso. Massa foi eliminado no minuto final e conquistou o 11o lugar. Em entrevista, o brasileiro disse que não entendeu o que aconteceu com seu tempo, pois guardou pneus novos para a sua última volta e não conseguiu um bom rendimento.

Schumacher, que já vinha com uma punição de 10 lugares, não conseguiu um bom desempenho e fechou apenas como o 13o. Os demais eliminados foram Di Resta, Maldonado, Rosberg, Ricciardo e Vergne.

A última etapa da classificação foi bem tranquila, tirando uma escapada de Kimi Raikkonen nos segundos finais. O finlandês perdeu controle do carro e ao tentar retornar para a pista acabou rodando e ficou na brita. Bandeira amarela local e nada além disso. Melhor mesmo para Vettel e a Red Bull, que puderam comemorar mais uma pole e com dobradinha, pois Webber foi o segundo.

Button veio em terceiro, mas será punido e, com isso, que assume sua posição é Kobayashi.

Confira os resultados da classificação já com as punições aplicadas:

1) Vettel
2) Webber
3) Kobayashi
4) Grosjean
5) Perez
6) Alonso
7) Raikkonen
8) Button – perdeu com a perda de cinco posições
9) Hamilton
10) Massa
11) Di Resta
12) Maldonado
13) Rosberg
14) Ricciardo
15) Hulkenberg – perdeu com a perda de cinco posições*
16) Senna
17) Kovalainen
18) Glock
19) Vergne – punido com a perda de três posições*
20) De la Rosa
21) Pic
22) Petrov
23) Schumacher – punido com a perda de dez posições
24) Karthikeyan

A prova terá largada na madrugada de sábado para domingo às 3h.

*Update: Vergne foi punido com a perde de três posições após atrapalhar Senna no Q2. Hulkenberg trocou o câmbio e, por isso, também foi penalizado.

  • Share on Tumblr