Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 01/11/2014

Scroll to top

Top

No Comments

Velocidade 6 anos: Histórias

A história do Velocidade e do Café com F1 se misturam por uma séries de fatores! Primeiro que, por mais que possa parecer mentira, os dois nasceram no mesmo dia e no mesmo ano, mesmo eu ainda não conhecendo a Bárbara Franzin. Depois, pela parceria entre os dois no podcast Café com Velocidade, que completa daqui a pouco cinco anos de vida. E para finalizar, devido à fusão dos dois neste ano, com a integração do post de ambos sendo feita.

Por isto, aproveitarei um dia desta série de seis posts em comemoração do aniversário, para contar uma destas histórias de loucuras feitas pelo automobilismo, ainda com o nome Café com F1. Era início de ano em 2009, mais exatamente 7 de Março e Curitiba estava recebendo o IRC, o WTCC e a Porsche GT3 Cup. Na sexta-feira, desempregado e em casa sem muito o que fazer, decidi fazer um bate e volta na capital paranaense no dia seguinte (distância entre Campinas e Curitiba é de cerca de 500 km).

Passei no mercado e comprei três sacos de feijão, já que a entrada no Autódromo de Pinhais era na base de troca de alimentos, imprimi algumas páginas de mapa de Curitiba, pois para achar o rally eu deveria entrar na zona rural da cidade que eu não conhecia. Chamei um camarada para ir junto, para ajudar a passar o tempo e às cinco da matina peguei a estrada. Por volta de 9:30, 10:00 estava chegando ao destino e já olhando o cronograma do rally para saber para onde partir. Por sorte, estavam bem na região da chegada da Régis a Curitiba.

O contato com o rally foi uma das coisas mais marcantes que carrego na minha vida nestes anos acompanhando corridas. ????? simplesmente indescritível a sensação de estar na beira da estrada, susceptível a acidentes, sem nenhuma proteção e vendo uns malucos passado a mais de 150 km/h numa estrada de terra com cascalho (vídeo). O detalhe é que esqueci deste detalhe e fui de branco, após a passagem do primeiro carro, fiquei marrom.

Depois de acompanhar uma especial, rumei para o circuito curtir a Porsche Cup e o WTCC. Além do brasileiro Augusto Farfus, o grande chamariz era ver aquele italiano de muletas, Alessandro Zanardi. A tarde, os carros do rally chegaram todos no circuito para a premiação, que teve a vitória de Kris Meeke. Avistei no meio do público o jornalista Celso Miranda e como a temporada da Indy estava para começar, aproveitei para falar com ele (ouçam abaixo).

Por volta das 18:00, peguei a estrada de volta, depois de um dia eletrizante e cheguei novamente em Campinas perto da meia noite. Loucura fazer um “bate e volta” de 1000 km num só dia? Pode ser, mas de certa forma, somos loucos por este esporte e não poupamos esforços para acompanhá-lo.

Ah, já está participando da nossa promoção de 6 anos? Para concorrer é bem simples: basta preencher esse formulário e inserir suas informações. Será realizado um sorteio por dia (via www.random.org) e os sortudos levarão, na seguinte ordem:

Dia 20 – 1 camisa equipe Terra Racing Stock Car 2008
Dia 21 – 1 Moletom Panasonic Racing Stock Car 2009
Dia 22 – 1 Camisa Eurofarma 2012
Dia 23 – 1 Pólo XRC 2012
Dia 24 – 1 jaqueta X Team 2011
Dia 25 – 1 Camisa Conquest Racing Indy 2010 + 1 livro do Hélio Castroneves autografado pelo mesmo.

Aproveitem!

Formulário

Mon Track no twitter: https://twitter.com/#!/MONtrackwear
Mon Track no facebook: https://www.facebook.com/MONTrackwear

  • Share on Tumblr