Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 22/08/2014

Voltar para o topo

Topo

Sem comentários

Truck: Giaffone vence e Totti é campeão sul-americano

Na primeira corrida da Fórmula Truck em Córdoba decidiu-se o título do campeonato sul-americano da categoria, que ficou com Leandro Totti. A vitória foi de Felipe Giaffone em mais uma prova cheia de abandonos.

Leia como foi a disputa:

Largada limpa e sem nenhum incidente. Na primeira curva, Totti conquistou a segunda posição e Roberval Andrade ficou com o terceiro lugar. No final da primeira volta, Totti foi para cima de Giaffone e conseguiu a liderança da prova.

Briga acirrada entre os três primeiros, que eram Totti, Giaffone e Andrade. Os pilotos ficaram lado a lado por um bom tempo, mas as posições demoraram até se alterarem. Logo os problemas começaram a acontecer: Geraldo Piquet foi para os boxes por causa de um vazamento, retirando-se da corrida um tempo depois, e Danilo Dirani abandonou por conta de problemas eletrônicos em seu caminhão.

Roberval acabou dando uma escapada e deixou espaço para a ultrapassagem de Beto Monteiro. André Marques e Diumar Bueno tiveram de passar pelos boxes por conta de queima da largada.

Welligton Cirino foi mais um a deixar a corrida após falhas em seu caminhão, que soltou muita fumaça na reta. O piloto conseguiu encostar na grama sem causar nenhuma bandeira amarela. Na sequência foi acionado o pace truck pelas regras da categoria.

Na relargada, Totti saiu muito bem e disparou um pouco à frente de Giaffone. Depois de um tempo de perseguição, Giaffone conseguiu a ultrapassagem, o caminhão balançou, mas ele se manteve na primeira posição. Totti continuou pressionando, foi para a grama, mas teve de se contentar com o segundo lugar.

Na volta seguinte, Totti chegou tão perto de Giaffone, que os caminhões acabaram se tocando. Beto Monteiro que vinha no terceiro lugar teve de reduzir bastante para não acertar o dois. Mais atrás, Boessio brigava pelo quarto lugar quando deixou a prova. O mesmo aconteceu com Pedro Muffato e Roberval Andrade algumas volta depois.

Totti perdeu o segundo lugar para Monteiro após ter uma queda de rendimento no seu caminhão. Em uma das curvas ele acabou passando reto e perdeu bastante tempo na grama. André Marques dava adeus a disputa pelo título após ir aos boxes com o pneu traseiro rasgado. Débora Rodrigues vinha no sexto lugar, quando seu caminhão soltou muita fumaça na pista e a piloto foi mais uma a ficar pelo caminho.

Beto Monteiro estourou um pedaço de seu pneu, que teve pedaços voando no meio da pista. Logo depois, seu rendimento caiu consideravelmente, o caminhão sofreu bastante com os danos nos pneus e permitiu a aproximação e ultrapassagem de Paulo Salustiano, que ficou com o segundo posto. Luis Lopes havia assumido o terceiro lugar, mas Leandro Totti se aproximou e conquistou a posição.

Monteiro foi aos boxes trocar o pneu danificado e, incrivelmente, após passar em detritos na pista, ele furou mais um e ficou lentíssimo. Mais uma vez ele conseguiu chegar aos boxes e realizar a segunda troca, após um trabalho intenso da equipe.

Valmir Benavides rodou e deixou muito óleo pela pista. Sorte que já era última volta e Felipe Giaffone partiu para a vitória. Leandro Totti, que ficou com o terceiro lugar foi para a festa da comemoração do título sul-americano da categoria.

A próxima prova acontece dia 14 de outubro, em Guaporé.

  • Share on Tumblr