Velocidade | April 21, 2014

Voltar para o topo

Topo

F1
3 Comentários

Será que o futuro da Fórmula 1 é ter cockpits fechados? | Velocidade

Será que o futuro da Fórmula 1 é ter cockpits fechados?

De todos os replays que vimos ontem no primeiro acidente do GP da Bélgica, sem dúvida o que mais assustou foi experimentar a visão do cockpit de Fernando Alonso. Até a curva ele estava impassível ao acidente, e de repente a Lotus de Grosjean aparece do nada voando sobre a frente de sua Ferrari. Por poucos centímetros não passa pelo cockpit, o que teria arrancado sua cabeça fora com capacete e tudo. Mas Alonso saiu sem problemas do acidente e do carro.

Visto isso, a Autosport colocou no ar uma matéria esclarecendo que um futuro próximo com cockpits fechados na Fórmula 1 não está tão longe. O repórter Jonathan Noble entrevistou figuras como o diretor técnico da McLaren, Paddy Lowe, que explica que o cockpit fechado é um desejo antigo dos chefes técnicos das equipes e que um caso como o de Spa-Francochamps só mostra que a sorte que Alonso teve pode não acontecer com outro piloto depois.àJá haveriam até testes preliminares com um cockpit fechado, mas que segundo Lowe, acabaram ficando pra trás em prol de um modelo com uma barra única ou várias, simulando uma gaiola.

Se você pensar bem, o cockpit é o único ponto mais inseguro que os carros de Fórmula 1 têm hoje. Porém a maioria dos pilotos não deve gostar dessa ideia, muito menos fãs clássicos da categoria. E você, o que acha?

  • Share on Tumblr
  • http://www.facebook.com/people/Aleciano-Júnior/100002418932167 Aleciano Júnior

    Exatamente como foi dito na matéria: outros pilotos no futuro talvez não tenham a mesma sorte do Alonso.
    Concordo que essa parte da cabeça do piloto merece atenção especial. Quando carros tocam roda com roda, geralmente um deles dá um salto devido a fricção entre elas. Isso pode fazer um dia, também, com que um carro ou parte dele salte para a parte do cockpit, gerando um grave acidente.

  • http://www.facebook.com/rafa.exr Rafa Soares Exr

    Um piloto de Fórmula1 não tem muitos ângulos de visão, porém não tem pontos cegos a sua frente. Posso garantir que eles enxergam muito mais que um piloto de Stock Car ou qualquer categoria de turismo e até mesmo a Le Mans. Como seria um monoposto open wheel, onde o cockpit é pequeno, com barras que produzissem pontos cegos? Isso seria muito ruim. Além do mais, deixaria de ser um Fórmula, passaria a ser um protótipo, quase parecido aos Le Mans. Realmente eu penso nos dois pontos. Analisando pela segurança, seria bom para os pilotos, e ao mesmo tempo ruim. Enquanto se otimiza a segurança dos carros, se aumenta a dificuldade de pilotagem podendo aumentar a probabilidade de acidentes como ocorrido em Spa. Imaginamos que estivéssemos ali no cockpit do Grosjean, será que teria a capacidade de ver que estava empurrando o Hamilton para fora? Se com o cockpit aberto ele não viu, imagina com pontos cegos para atrapalhar ainda mais na largada?

    • http://www.facebook.com/anderson.cardoso.524 Anderson Cardoso

      uma solução simples (possivel por se tratar de um cockpit pequeno) é não haver barras a frente do piloto, apenas o parabrisas curvo.