Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 23/11/2014

Scroll to top

Top

GP2
No Comments

GP2: Razia e Valsecchi saem empatados de Spa

A GP2 pegou fogo em Spa nesse final de semana e não deixou a desejar. As duas provas da categoria foram cheias de ultrapassagens, incidentes e confusões.

A primeira corrida ficou marcada pelo grave acidente de Nigel Melker, que acertou a barreira de pneus de maneira muito violenta na famosa Eau Rouge e paralisou a prova por cerca de 1h. O piloto sofreu pequenos ferimentos e passa bem.

Na briga pelo campeonato, Valsecchi empatou com Razia, após o brasileiro largar em 18ú e praticamente escalar o pelotão em busca de um bom resultado. Ericsson venceu após uma boa estratégia de boxes e Nasr foi o oitavo, o que o fez largar na pole para a segunda prova.

Segunda prova também marcada por confusões, com Cecotto realizando um pequeno strike na pista logo no começo da corrida. Valsecchi e Razia precisam de uma boa exibição para se consolidarem na liderança do campeonato e isso não aconteceu. Aliás, pelo contrário: Razia foi pressionado por Calado e acabou rodando. De todos os pilotos que poderiam acertá-lo, o único que o fez foi Valsecchi. Ambos perderam várias posições e não pontuaram. Ou seja, campeonato empatado.

Kral venceu de forma tranquila, conquistando a primeira vitória na GP2, e foi seguido ao pódio por Nasr, que realizou uma ultrapassagem belíssima em cima de Calado na última curva da prova.

Primeira prova

Início de corrida tranquilo em Spa na primeira prova da GP2 com Rio Haryanto realizando uma largada calma e deixando Esteban Gutiérrez, James Calado e Marcus Ericsson para trás. Ao contrário do pelotão mais intermediário, onde o que se viu foram alguns acidentes com Leimer e González abandonando logo na primeira volta.

Ericsson deixou tanto Gutiérrez como Calado para trás ainda no começo da corrida e partiu para o ataque à Haryanto. Em plena Eau Rouge, Gutiérrez, fez a ultrapassagem para cima de Calado e ganhou a terceira posição. Parecia que a corrida seria bem movimentada, mas na terceira volta a Eau Rouge fez a sua primeira vítima com o fortíssimo acidente de Nigel Melker, que perdeu o controle do carro e bateu violentamente na barreira de pneus. Assista abaixo ao vídeo:

O piloto foi atendido e levado para o hospital. Ele teve apenas ferimentos nas costelas e mãos e, com isso, não participou da segunda prova do final de semana. Um pouco antes de seu acidente e da interrupção da corrida, Ericsson realizou uma ultrapassagem em Haryanto e ficou com a liderança.

Para arrumar a barreira de pneus no local do acidente foi necessário não apenas a intervenção do safety car como uma bandeira vermelha que perdurou por praticamente uma hora. Alguns pilotos aproveitaram para realizarem as suas paradas nos pits e depois aguardarem o reinício da corrida. E mesmo atrás do carro de segurança vimos momentos inusitados como Haryanto rodando sozinho e perdendo algumas posições.

Na volta da da prova, Van der Garde era o primeiro, seguido de Richelmi e Coletti, por ainda não terem realizado a parada nos boxes. Nesse momento, Razia era o 11ú, após largar em 18ú, e tinha de correr atrás do prejuízo, já que Valsecchi era o sexto colocado. Porém, o brasileiro fez uma boa exibição e conseguiu recuperar diversas posições.

Na sequência, Coletti, Richelmi e Van der Garde realizaram as suas paradas e a liderança voltou tranquilamente para Ericsson. Gutiérrez foi punido com um drive-through por ter ultrapassado Calado, seu companheiro de equipe, sob bandeira amarela. Ele vinha na sua recuperação, passou Coletti e Guerin e os dois pilotos acabaram se enroscando e abandonaram a prova.

Ericsson seguiu na liderança até o final da prova e venceu após quase 2h da largada. Ele foi ao pódio ao lado de Calado e Valsecchi. Razia acabou em quinto e ficou empatado com Valsecchi na tabela do campeonato. Nasr foi o oitavo e, com isso, saiu na pole da segunda prova.

Segunda prova

Ao contrário do que aconteceu na primeira corrida, a largada da segunda foi bem diferente e cheia de confusões. Nasr, que estava na pole, não saiu bem e perdeu a liderança para Kral, que vinha em quinto. Calado também esteve muito bem e subiu de sétimo para segundo. Razia estava em terceiro e Nasr caiu para o quarto lugar.

Cecotto proporcionou uma confusão logo na sequência, perdendo controle do seu carro e batendo Chilton, que terminou sofrendo toques de Berthon e Van der Garde. Apenas Cecotto abandonou a prova.

E a briga do campeonato pegaria fogo em seguida com o azar tanto de Razia como de Valsecchi. O brasileiro tentava a passagem em Calado, que valia a liderança da prova. Porém, o piloto fechou a porta e Razia perdeu o controle do carro, rodou e incrivelmente não foi acertado por quase ninguém, exceto Valsecchi. Ambos caíram praticamente para o fim do pelotão, mas seguiram na corrida.

Na frente, Kral continuava a liderar seguido de Calado e Nasr e a disputa não mudou muito nas voltas seguintes. Razia vinha em 22ú e viu Valsecchi seguir para a garagem e abandonar. Porém, esse fato não mudou muita coisa no campeonato, já que do fim do pelotão não havia muito a ser feito. O brasileiro até trocou seus pneus e tentou marcar a volta mais rápida, mas foi superado por Chilton.

Gutiérrez, mais um que tinha chances remotas no campeonato, acabou se chocando com Leal e os dois foram parar na brita. De quinto o mexicano se viu em 17ú, à frente de Guerin. No pelotão da frente, Kral seguia na liderança com boa vantagem e não era ameaçado por ninguém rumo à sua primeira vitória na GP2.

A briga ficou mesmo entre Calado e Nasr e durou até o último instante da corrida. O britânico perdeu rendimento no seu carro e o brasileiro chegou muito próximo. Nasr tentou ultrapassar o concorrente a todo custo, mas parecia que o feito não seria possível. Eis que na última curva, Nasr consegue colocar o carro de lado e superar Calado rumo ao segundo lugar do pódio. Guerin terminou em 18ú e Razia em 20ú.

Dessa forma, os líderes do campeonato estão empatados, ambos possuem 204 pontos, e na semana que vem teremos mais um capítulo dessa briga na prova que acontecerá em Monza. Quem é seu favorito?

  • Share on Tumblr