Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 23/08/2014

Voltar para o topo

Topo

F1
Sem comentários

F1: Hamilton na pole em Cingapura

A classificação para o GP de Cingapura foi relativamente tranquila, apenas com alguns momentos fora do normal. Entre eles, podemos destacar as escapadas de pista, toques no muro e desgaste dos pneus.

Quem mais sofreu nesse sentido foi Bruno Senna, que ficou fora do treino após bater sua Williams no muro e quebrar a suspensão. O piloto se mostrou muito frustrado, mas pretende fazer uma boa prova de recuperação amanhã, assim como fez em Spa. Larga em 17ú

Felipe Massa também foi mais um a ficar de fora do Q3 e reclamou bastante dos compostos Pirelli por seu alto desgaste. Sairá em 13ú.

Na briga pela pole Lewis Hamilton sobrou e fez o tempo de 1:46.362 contra 1:46.804 de Pastor Maldonado. Sim, isso mesmo, o venezuelano da Williams sai na primeira fila amanhã. Sebastian Vettel foi o terceiro seguido de Jenson Button e Fernando Alonso.

Leia tudo sobre a classificação em Cingapura:

Logo no início do Q1, Raikkonen deu uma escapada, mas para sua sorte, não tocou nas grades de proteção e conseguiu seguir no classificatório. Hamilton, Button e Vergne foram nomes que gastaram muito os seus pneus nas freadas e quase escorregaram para o muro.

Após um certo tempo, os pilotos trocaram os seus pneus e os tempos mudaram significativamente. Com isso, Grosjean foi o mais rápido seguido de Di Resta. Massa ficou em 16ú e Senna, que foi atrapalhado, em 17ú. Somente McLaren, Ferrari, Red Bull e Mercedes não usaram compostos super macios.

Os eliminados foram Kobayashi, Petrov, Kovalainen, Glock, Pic, Karthikeyan e De la Rosa. Um fato curioso: Pic levou uma punição por ultrapassar sob bandeira vermelha no treino livre e terá 20s adicionados no tempo final da corrida. Além disso, ele terá de prestar um dia de serviços voluntários na campanha pela segurança no trânsito da FIA.

No Q2, pilotos no muro. Grosjean deu uma passada por ali, mas conseguiu voltar aos boxes. Já a sorte para Senna foi um pouco diferente. O piloto deu uma bela batida e quebrou a suspensão. Conseguiu voltar aos boxes, mas fim de classificação para ele.

O mais rápido na segunda fase foi Hamilton, seguido de Vettel, Webber, Grosjean e Alonso. Os eliminados foram Hulkenberg, Raikkonen, Massa, Perez, Ricciardo e Vergne.

Final de classificação e é onde as coisas começam a ser definidas. Mas, assim como no Q2, não deu para ninguém e Hamilton foi o mais rápido, com meio segundo de vantagem para Maldonado. A dupla forma uma primeira fila bem inusitada e agressiva, que promete surpresas para amanhã.

Vettel conseguiu o terceiro posto, seguido de Button e Alonso. Schumacher e Rosberg não saíram dos boxes e, por isso, largam em nono e décimo respectivamente.

Veja como ficou o grid completo:

A largada será dada amanhã às 9h!

  • Share on Tumblr