Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 03/09/2014

Voltar para o topo

Topo

Sem comentários

Nascar: Calor, chuva, milho, uma bela, uma fera e um sorriso

Thiago S. Rosa

Não foi um final de semana fácil para os pilotos da Nascar. Quem disputou as corridas noàsábado, sofreu com o calor. Quem disputou a corrida no domingo, ficou na expectativa de chuva para interromper a prova. Mas as corridas foram até o fim, com vencedores bastante conhecidos.

Começando pela Truck Series, correndo noàsábadoàa noite sobre intenso calor, no meio do milharal de Newton, em Iowa. Uma prova que se desenhou boa para os brasileiros, mas que de fato não deu nada certo. Piquet e Paludo sofreram com seus trucks soltos e acabaram apenas em posições intermediarias. Melhor para o líder do campeonato Timothy Peters, que conseguiu sua primeira vitória na temporada e que abriu vantagem aos demais concorrentes.

Já na Nationwide Series, uma bela atrapalhou uma fera e deu a vitória de bandeja para Brad Keselowski. Isso porque Kevin Harvick, o pai da semana do pequeno Keelan Paul, vinha bem nas últimas voltas para vencer a dura e quente corrida da Nationwide em Loudon, em New Hampshire. Alias, tão quente que os pilotos Ricky Stenhouse Jr. e Kasey Kahne tiveram que passar no medical center após a corrida pelo calor de mais de 30 graus no norte do EUA.

Mas a jovem Amber Cope acabou atrapalhando o experiente Harvick no fim, dando a chance para ultrapassagem do nada bobo Keselowski, para fúria de Harvick ao final da corrida com a pobre e bela Cope. Antes da prova de hoje da Sprint Cup, Kevin Harvick foi perguntado se desculparia Amber Cope e o que diria para ela. E as palavras não foram nada elogiosas: “Pick some boots and your favorite song and find a new job” (Pegue suas botas e sua música favorita e procure um novo emprego)

E por fim, na Sprint Cup, parecia que tereriamos uma vitória bem fácil de Denny Hamlin, que se mostrava o melhor carro do final de semana na prova principal do final de semana. Que nada! Uma chamada errada quando liderava a prova no último pitstop, trocando 4 pneus quando a maioria trocou 2 e caiu lá para 13ð posição faltando pouco mais de 60 voltas para o fim. Hamlin ainda se recuperou e chegou no 2ð lugar, mas não conseguiu passar o piloto da Hendrick Kasey Kahne, que parecia já saber como seria o final de semana…

Para ver mais detalhes sobre a prova, acessem o blog do Nascar Brasil, com todas as informações das corridas.

  • Share on Tumblr