Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 22/12/2014

Scroll to top

Top

No Comments

Indy: Castroneves vence a segunda no ano

A Indy na pista de Edmonton foi marcada pela emoção. Um dos nomes a ser destacado nessa corrida, sem dúvida nenhuma, é Takuma Sato. O japonês esteve constantemente entre os primeiros colocados e surpreendeu, não só pelo ritmo, mas também por não ter feito nenhuma bobagem e completado a prova no segundo lugar.

Mas, quem deu show mesmo foi Helio Castroneves, que conquistou a sua segunda vitória no ano. O piloto soube atacar no momento certo, teve boa estratégia de boxes e, com isso, voltou à frente de Tagliani – que também fez uma boa exibição, e teve de segurar Sato por mais de 14 voltas.

Importante destacar também o terceiro lugar de Will Power, que saiu lá no pelotão intermediário por conta de uma punição por troca de motor, conseguiu boas ultrapassagens, tocou o muro, mas continua na disputa pelo título.

Confira como foi essa corrida:

Tudo começou diferente nessa prova. Assim como na F1, alguns pilotos foram punidos por conta de trocas e mudanças no motor de seus carros. O pole e o segundo colocado, Ryan Hunter-Reay e Will Power, perderam 10 posições por esse motivo. Scott Dixon fez uso de um sexto motor Honda e, com isso, também foi para o fundo do grid. No fim do pelotão, outros nomes sofreram punição: Oriol Servia e Simona de Silvestro.

Indo para a corrida, a largada foi sem maiores sustos ou incidentes. Franchitti saiu na ponta, mas logo foi superado por Tagliani, piloto da casa. Quem também teve um bom início foi um Barrichello, que passou de cara dois concorrentes.

O início da prova teve poucas ultrapassagens, mas os pilotos ficaram agrupados em um bloco e a disputa por posições era intensa. Tanto é que Sato tentou bastante passar Franchitti, mas não conseguiu. Mais atrás Kimball foi passar Conway, errou o traçado e acabou devolvendo o lugar.

O grupos dos “punidos” ia conquistando algumas posições, com um bom trabalho de Power, Dixon e Hunter-Reay. Já Kanaan, que largou lá atrás por conta do acerto não tão bom da sua equipe havia passado três carros e vinha na P19. Logo depois, ele foi o primeiro a entrar nos boxes e partia para a estratégia de três paradas.

Um pouco depois, Barrichello foi ultrapassado por Rahal e caiu para o sétimo lugar. Hunter-Reay deixava Pagenaud para trás pela P9. E logo na sequência a briga dupla de Power e Bourdais com Hinch pelo 11o lugar. Vale mencionar que Power deu um leve toque no muro, mas seu carro não sofreu nenhuma avaria considerável

Uma outra briga dupla foi a de Kimball com Andretti. Quem se deu melhor foi Dixon, que conseguiu passar ambos. Mais à frente, Power continuava em sua recuperação e ultrapassava Pagenaud pelo décimo lugar.

Na volta 27, os ponteiros foram aos boxes e Tagliani consegue voltar na frente de Franchitti. Na saída de sua parada Power deu uma fechada em Hunter-Reay e por pouco não se tocaram. A briga continuou com Franchitti tentando ir para cima de Tagliani, mas não só levou o X, como também perdeu a posição para Castroneves, que assumiu o segundo lugar.

Depois de muito tentar, na volta 37, Sato consegue ultrapassar Franchitti e fica com a terceira posição. Lá atrás Hildebrand passava Carpenter pela P22 e Bourdais era punido com um drive through por bloquear adversários.

Mais ou menos na volta 51, Servia abandona e tivemos o início da segunda rodada de pits. Tagliani demora um pouco em sua parada e Castroneves consegue voltar no primeiro lugar. Um tempo depois Sato e Power também conseguem passar o canadense e ficam na P2 e P3, respectivamente. Outro que levou punição foi Newgarden com um drive through por excesso de velocidade nos pits.

O fim da prova foi marcado pela grande pressão que Sato fez para cima de Castroneves para tentar, talvez, a vitória. Foram cerca de 15 voltas de briga direta, mas não deu para o japonês. Helio venceu pela segunda vez no ano!

Apenas para encerrar: Tony Kanaan e Rubens Barrichello fecharam a prova de maneira discreta. O primeiro ficou na P19 e o segundo na P15. ???, KV!

Confira o resultado final dessa corrida:

  • Share on Tumblr