Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Velocidade | 22/10/2014

Scroll to top

Top

No Comments

DTM: Mattias Ekstrom é o vencedor individual em Munique

Thiago S. Rosa

Domingo de disputas do DTM em Munique no melhor estilo “one by one” para ver qual é o melhor piloto entre todos que disputavam este evento extra-campeonato. Os carros que se classificaram ontem na disputa por equipes entraram na disputa hoje. Mas os resultados continuaram a ser direcionados, para queàtivéssemosàtodas as marcas disputando a semifinal. Além disso, um componente novo apareceu hoje para dificultar a vida de todos: a chuva. Com isso, as disputas ficaram mais intensas.

Nas quartas de finais, não existia parada nos pits, e as disputas foram diretas entre os pilotos sem intervenção da equipe: nesta parte, passaram Jamie Green, Gary Paffett, Matthias Ekstrom e Bruno Spengler, que venceu sua corrida contra o brasileiro Augusto Farfus. Aí começaram as semifinais, com os pilotos disputando a corrida em 6 voltas com obrigação de uma parada para troca de pneus na metade delas.

Na primeira disputa, Ekstrom conseguiu a vitória em cima de Paffett de maneira soberana, sem ser incomodado em nenhum momento da mini corrida. O que não aconteceu na segunda disputa, pois houve bastanteàequilíbrioàentre Spengler e Green. Green liderou a primeira parte, mas a BMW devolveu o canadense na frente da corrida. Entretanto, na última volta, um erro de Spengler em uma das curvas deu a vitória para Green.

Então, foram para a etapa final Ekstrom e Green para duas baterias de 6 voltas, sendo que o vencedor da primeira levaria a vantagem para a segunda corrida na largada. Na primeira disputa entreàAudi e Mercedes, deu Green, com vantagem no bom trabalho de boxes feito por sua equipe, que deu uma vantagem de mais de 1 segundo para a segunda mini corrida. Uma boa diferença, se pensar que a chuva estava presente firme e forte. Mas isso não impediu uma virada de Ekstrom.

Mesmo com a desvantagem, o piloto da Audi se recuperou e já estava empatado com Green ao entrar nos pits para a troca de pneus. Ai o tricampeão da categoria viu do retrovisor Green errando naàsaídaàdos boxes e perdendo preciosos segundos na disputa. Com isso, foi somente Ekstrom levar seu carro até a linha de chegada e conquistar a vitória no individual.

  • Share on Tumblr